Skip to main content

A retificação da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF) é um procedimento importante para garantir que as informações prestadas à Receita Federal estejam corretas e completas, de acordo com Mafrys Gomes, sócio-diretor do Grupo MCR e especialista em contabilidade. ‘’O contribuinte pode retificar sua declaração em até cinco anos após o prazo final de entrega, mas é importante fazê-lo o quanto antes, principalmente se o erro for grave ou puder gerar cobrança de impostos.’’

Quando retificar a DIRPF?

Carlos Afonso, sócio-diretor do Grupo MCR e especialista em finanças, destaca que a retificação é necessária em diversas situações, como:

°Se você esqueceu de incluir algum dado importante na declaração, como bens, rendimentos ou deduções, é preciso retificá-la.°Se você digitou algum dado errado na declaração, como o valor de um rendimento ou pagamento efetuado, também é necessário retificá-la..ºSe você quiser trocar a forma de tributação de deduções legais para desconto simplificado, ou vice-versa, precisa retificar a declaração até 31 de maio, ou seja, dentro do período de entrega da declaração.

Como retificar a DIRPF?

O processo de retificação é simples e pode ser feito online, no site da Receita Federal, ou, através do programa gerador, caso a declaração tenha sido entregue através dele. Rodolfo Lancha, sócio-diretor do Grupo MCR e especialista em tributação, orienta:

°Acesse o portal Gov.br e faça login com seu CPF e senha ou através do certificado digital;°Clique em “Meu Imposto de Renda”.°Selecione a declaração que deseja retificar;°Clique na opção “Retificar Declaração”.°Efetue as alterações/correções necessárias, seguindo as instruções do próprio sistema.

Prazo para retificar a DIRPF

O contribuinte tem até cinco anos para retificar sua declaração de ajuste anual. No entanto, após 31 de maio de 2024, “não é mais possível trocar a forma de tributação”, alerta Lancha.

Consequências de não retificar a DIRPF

Se você não retificar a DIRPF dentro do prazo, poderá cair na malha fina da Receita Federal. “Isso significa que você poderá ser intimado a prestar esclarecimentos e apresentar documentos que comprovem as informações prestadas na declaração. Se forem constatadas irregularidades, você poderá ser multado e ter que pagar impostos atrasados”, complementa o especialista.

Dicas para evitar erros na DIRPF

Para evitar erros na DIRPF, os especialistas do Grupo MCR recomendam:

  • Reúna todos os documentos necessários para fazer a declaração, como informes de rendimentos, recibos e notas fiscais;
  • Preencha todas informações sempre com cuidado e corretamente, de forma completa;
  • Em caso de dúvidas, um contador pode te ajudar a fazer a declaração de forma correta e evitar problemas com a Receita Federal.

Fonte: Viralizou

Leave a Reply

Informações Gerais

Endereço:
R. Mar de Sufe, 114 - JARDIM IMPERIAL, Manaus - AM, 69058-438

WatsApp:
92 99994-1651