Manaus Contábil

(92) 3071-8383
9994.3651 / 9994.1651/ 9994.1851



Notícias

08/05/2020 - Dia das mães: Cidades adiam comemoração para a segunda semana de junho

08/05/2020

Devido a pandemia do Coronavírus e a crise enfrentada por todos os setores, o dia das mães vai ser diferente para alguns municípios.

Até o momento, as cidades de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, e Niterói, no Rio de Janeiro, adiaram o Dia das mães do segundo domingo de maio para o segundo domingo de junho.

A medida tem como objetivo preservar os comércios locais, já que a data é considerada a segunda melhor em vendas do ano, mas devido a crise de coronavírus estão com baixa demanda.

Além disso, o decreto também pretende reforçar o isolamento social em época de pandemia, já que muitas famílias se juntam para comemorar a data.

É possível que até domingo, 10, outras cidades também tenham a data postergada. Isso porque existem projetos que estão em andamento.

Dia das mães Niterói

Em Niterói, a proposta encaminhada pelo prefeito Rodrigo Neves foi aprovada, na noite desta quarta-feira, 6, pela Câmara dos Vereadores.

Durante o anúncio da mudança, o prefeito solicitou que os moradores não quebrem a quarentena para visitar mães e avós neste domingo, 10, Em contrapartida, sugeriu que a população fizesse encontros virtuais.

Atualmente, a taxa média de isolamento social na cidade de Niterói é de 57%.

Dia das mães Ribeirão Preto

O mesmo aconteceu em Ribeirão Preto/SP. O projeto também foi proposto pelo prefeito Duarte Nogueira e aprovado na Câmara dos Vereadores.

Contudo, o prefeito citou o adiamento da data como uma possível segunda comemoração.

"Do ponto de vista comercial, esta é a segunda maior data em termos de faturamento para o comércio. Para o sentimento familiar, é a mais importante. Gostaria de pedir a todos que não deixemos de presentear nossas mães neste domingo da maneira que for possível, sem infringir o distanciamento social. Quem puder, que repita esse ato no dia 14 de junho em espírito de responsabilidade e colaboração", disse Nogueira.

Vale lembrar que em Ribeirão Preto, a porcentagem de isolamento social é de 40%.

Prejuízo no Comércio

Por causa da suspensão do atendimento presencial, a FecomercioSP estima um prejuízo de R$ 3,7 bilhões durante esta semana que antecede a data original.

Ainda segundo a Fecomércio, o mês de maio deve apresentar recuo de 31% em relação ao mesmo período de 2019, quando o volume foi de R$ 28 bilhões.

Outras Notícias

Mais notcias